Com os preços mais altos, a economia de combustível — que já era importante — se tornou indispensável para que os motoristas consigam manter suas quatro rodas sempre em movimento. 

Se você está em busca de alternativas para fazer o seu carro consumir menos álcool ou gasolina, chegou ao lugar certo. O time de mecânicos da TempoTem vai explicar em como fazer isso utilizando truques fáceis, econômicos e que melhorarão o desempenho do seu automóvel. 

Para adotar uma economia de combustível significativa é fundamental conhecer o seu veículo e entender como alguns sistemas funcionam. 

Você não precisa ser um mestre da mecânica automotiva, mas saber diferenciar os tipos de combustíveis existentes e os preços, por exemplo, pode te ajudar a evitar gastos extras já no momento da escolha e da compra do seu possante. 

Agora, chega de papo e vamos aos segredos que todo motorista precisa saber para diminuir as idas ao posto e para não sair no prejuízo na hora de abastecer!

Os principais tipos de combustíveis

Conheça mais sobre os tipos de combustíveis e faça a escolha certa para seu carro.

A diferença de preço pode fazer muita gente começar sua economia de combustível da maneira errada, comprando um produto que não será legal para o seu veículo. 

Para que você não passe por essa situação — e evite, assim, correr o risco de danificar o funcionamento do carro —, te explicamos qual a utilidade de cada combustível:

Etanol comum

Também conhecido como álcool, o etanol possui origem vegetal e proporciona um melhor aproveitamento do motor veicular — embora, seja consumido muito mais rápido, o que significa um rendimento inferior a outros combustíveis, como a gasolina. 

Já que o foco é a economia de combustível, especialistas recomendam que, em carros flex, o abastecimento com etanol seja feito somente se o litro custar até 70% do valor da gasolina comum.

Etanol aditivado

A única diferença entre o etanol aditivado para o comum é a adição de substâncias anticorrosivas, proporcionando uma autolimpeza nas peças internas do automóvel e evitando possíveis desgastes. 

Para fins de economia de combustível, saiba que o consumo deste tipo de etanol é minimamente menor do que o comum, por isso é mais importante dar atenção à diferença do preço no posto que você irá abastecer.

Gasolina comum

A gasolina é um dos combustíveis mais utilizados e possui 27% de etanol na sua composição. 

Apesar de ter um rendimento maior do que o álcool, ela é mais agressiva ao meio ambiente e libera resíduos que se acumulam no tanque e nas peças internas do veículo, necessitando de um abastecimento regular com o etanol ou a gasolina aditivados para realizar a limpeza e a remoção dos detritos.

Gasolina aditivada

Assim como o etanol aditivado, a gasolina aditivada tem uma substância detergente que proporciona a higienização interna do tanque do automóvel. 

Essa é uma boa opção para quem quer aumentar a economia de combustível, já que, com as peças limpas, o consumo excessivo do motor se torna muito menor.

Gasolina Premium

A gasolina premium promete mais potência para veículos arrojados. No entanto, para quem possui carros convencionais, investir neste tipo de gasolina não vai gerar nenhuma economia de combustível, pois o automóvel precisa ser compatível com sua fórmula.

Gás Natural Veicular

O gás natural veicular, ou somente GNV, é o melhor para a economia de combustível e a proteção ao meio ambiente. 

O gás natural veicular emite menos agentes poluentes e pode gerar um consumo até 60% menor do que a gasolina e o álcool. Porém, o carro precisa ser adaptado para este produto ou fabricado originalmente para rodar com o GNV.

Diesel comum

O diesel, ou gasóleo, é um dos mais usados para o abastecimento de caminhões, devido seu elevado rendimento energético que resulta em uma boa performance dos veículos de carga e de grande porte. 

Ele é menos poluente do que a gasolina, registra um consumo menor e apresenta uma autonomia melhor para estes automóveis.

Diesel S-10

Já o diesel S-10, é ainda menos poluente e oferece um desempenho superior ao anterior. Este também proporciona uma maior durabilidade do motor e um melhor sistema de limpeza do tanque e das peças internas do veículo. 

Seu preço pode ser mais elevado, mas, para quem possui carros com tecnologia compatível para o diesel S-10, a economia de combustível promete mais vantagem.

Como economizar combustível?

Descubra táticas para economizar seu combustível e aplique no seu dia a dia.

Mas, agora vamos ao ponto para quem quer saber realmente como economizar combustível — afinal, não basta apenas a escolha do produto certo para se poupar o desejado.

Existem algumas práticas que farão você evitar uma boa quantia de gastos com abastecimentos no final do mês e ainda garantirão o bom funcionamento e a durabilidade do seu possante. São elas:

Cuide do seu veículo

Qualquer carro com manutenções pendentes está sujeito a consumir muito mais, uma vez que toda a estrutura e sistema automobilístico são montados para trabalharem em conjunto.

Logo, se uma peça não vai bem, ela pode refletir em outras partes do veículo e oferecer riscos para a segurança dos passageiros e demais motoristas no trânsito.

Portanto, fazer a revisão periódica e a troca de peças, quando necessário, é um ótimo conselho para quem quer melhorar a economia de combustível e se manter longe dos acidentes e das infrações decorrentes de um automóvel em más condições de uso.

Dirija corretamente

Os motoristas imprudentes estão suscetíveis a multas, acidentes graves, danos no veículo e um enorme gasto de combustível. 

O excesso de velocidade, por exemplo, é um grande vilão dos poupadores, já que exigirá muito mais energia do seu carro e, dificilmente, fará com que você passe menos tempo na pista.

É bom lembrar que o fato de utilizar as marchas do automóvel corretamente pode impulsionar a economia de combustível. Por isso, vale a pena seguir todas as recomendações e orientações da autoescola.

Contrate bons mecânicos

São os profissionais qualificados que encontrarão o motivo do seu automóvel estar gastando tanto — e, o melhor: sem cobrarem tanto por isso. 

A falta de um bom mecânico pode fazer você perder mais dinheiro com manutenções e ajustes desnecessários, enquanto o real problema continua afetando o funcionamento do carro.

Na TempoTem você pode encontrar mecânicos de confiança para fazer a avaliação do seu veículo, resolver o problema e ainda te auxiliar na economia de combustível. Clique aqui para acessar a plataforma e conferir os valores e serviços disponíveis!

10 dicas práticas de economia de combustível

Saia da teoria e comece a praticar alternativas econômicas para seu carro.

Os cuidados que você acabou de conferir são muito importantes a curto e a longo prazo, mas não são as únicas alternativas para quem quer caprichar na economia de combustível. 

Para você reduzir drasticamente os gastos com o abastecimento do seu carro, dê uma olhada nas 10 dicas infalíveis que separamos:

1. Evite arrancadas e freadas bruscas

Essas ações forçadas e repentinas exigem uma potência maior do motor, que, para compensá-la, acaba puxando um combustível a mais desnecessário. 

Então, manere no pé, mantenha uma distância adequada do veículo a sua frente e tenha sempre cuidado ao dar a partida e acelerar o carro.

2. Fique abaixo do limite de velocidade

Como já mencionamos, o excesso de velocidade não contribui para a economia de combustível, então, a dica é se manter sempre abaixo do limite de velocidade

Se a via permite até 100 km/h, por exemplo, fique na casa dos 80 km/h e você poderá observar como o consumo do possante será bem menor.

3. Não ande em ponto morto

Engana-se quem pensa que andando em ponto morto — especialmente nas descidas — está fazendo uma boa economia de combustível. 

Na realidade, essa prática faz com que o motor trabalhe com mais potência por assimilar que o carro está funcionando em marcha lenta. O resultado? Gasta-se uma quantidade significativa de combustível ao invés de poupá-lo.

4. Regule o ar-condicionado

Vamos concordar que nem todos os dias é necessário ligar o ar-condicionado, não é mesmo? 

Especialmente no comecinho da manhã, no final da noite e em viagens curtas, tente reduzir o uso do ar. Caso seja necessário, regule a temperatura para não deixar o veículo completamente gelado enquanto você perde no tanque.

5. Mantenha os vidros fechados

Além de prejudicar o funcionamento do ar-condicionado, rodar com os vidros abertos desfavorece a aerodinâmica dos veículos, deixando o carro mais pesado e exigindo mais força do motor. 

Por isso, se o ar já está ligado, feche todos os vidros e favoreça tanto a economia de combustível quanto o conforto interno.

6. Não carregue peso demais

Carro lotado é carro pesado, um péssimo indicativo para o motor. E aqui serve tanto para o excesso de passageiros — uma infração de trânsito perigosíssima — quanto para cargas

Sendo assim, se você precisa carregar objetos maiores e mais pesados, o ideal é investir em um veículo maior, que suporte os itens sem atrapalhar na economia de combustível.

7. Calibre os pneus regularmente

A calibragem dos pneus faz a diferença no funcionamento do carro como um todo, e com o consumo não é diferente. Se o pneu descalibrado pode ser ruim para quem dirige, imagine para o motor que está fazendo todo o trabalho pesado? 

Então, cheque qual a pressão ideal para o seu tipo de pneu e faça ajustes aos menos duas vezes por mês.

8. Abasteça antes de atingir a reserva

Rodar com o tanque baixo não ajuda na economia de combustível e pode até causar uma pane seca, deixando o veículo incapaz de arrancar — uma vez que, neste nível, a evaporação do líquido tende a ser muito mais rápida. 

Assim, é indicado estar sempre com o tanque ao menos pela metade para reduzir tal evaporação. 

9. Aproveite as tecnologias do veículo

Se você está para comprar um carro, dê preferência para aqueles com tecnologia start/stop, uma das maiores aliadas para a economia de combustível. 

Essa inteligência faz com que o carro desligue sempre que parar em um semáforo e ligue automaticamente assim que o motorista encostar o pé novamente no acelerador.

10. Tenha um posto de confiança

Infelizmente, existem muitos postos de combustíveis com irregularidades e adulteração no produto vendido, o que pode causar danos ao funcionamento do carro, além do prejuízo no seu bolso. 

Dessa forma, tente abastecer sempre no mesmo local e certifique que aquele combustível é realmente de qualidade.

Seguindo todas essas dicas você conseguirá fazer uma boa economia de combustível e, quem sabe, até poupar um dinheiro extra para fazer um passeio especial com a família no final do mês, não é mesmo? 

E para mais dicas, a equipe TempoTem preparou um infográfico para que você saiba o que fazer se seu carro parar no meio da rua. Confira:

E, na dúvida, não deixe de sempre consultar o site e o blog da TempoTem para receber mais dicas de cuidados com o seu possante!

E caso queira ser um prestador de serviços da TempoTem e realizar serviços mecânicos, é só baixar o nosso APP na Google Play e fazer parte do nosso time

Autor

Lourival Antonio da Silva Junior

23 anos de experiência na área de varejo com foco em bens e serviços dentro de empresas de grande porte como Submarino.com, Saraiva.com.br, Walmart.com e Wine.com.br. Mentor do E-Commerce Brasil, Palestrante, Apresentador, Terapeuta de PNL e curioso.

Deixe seu comentário