Ar condicionado sujo é um perigo para a saúde e pode provocar problemas respiratórios gravíssimos, especialmente em crianças e idosos. No entanto, quando a temperatura aumenta, não dá para fugir do uso desse aparelho, não é mesmo? 

Então, para que você não coloque mais o seu bem-estar e o da sua família em risco, confira este manual completo da TempoTem para aprender como fazer a limpeza de ar condicionados sujos.

Ao contrário do ventilador ou do climatizador, que acumulam uma poeira de forma visível, o grande perigo do ar condicionado sujo está nas partes internas

Deste modo, apenas a higienização das peças externas não é o suficiente para remover todas as impureza do ar que se alojam por ali ao longo dos dias e semanas. 

Você sabe quais são os doenças e os riscos causados por não se saber como limpar o ar condicionado da forma correta? 

Se a resposta é não — ou se você já conhece as enfermidades e quer saber como higienizar o ar condicionado em casa —, continue a leitura deste guia, pois aqui vamos responder essa dúvida e te ensinar a deixar o seu aparelho sempre impecável. 

A importância da higienização do ar condicionado sujo

Um ar condicionado sujo pode causar muitas consequências para você e para sua casa.

O ar condicionado sujo se transforma no habitat de milhares de bactérias e fungos acumulados junto com a poeira

Quando o equipamento é ligado, esses microrganismos se espalham e acabam por penetrar no sistema respiratórios das pessoas que estiverem ocupando o local — e é aí que começam as crises alérgicas e as dificuldades para respirar.

Caso a situação persista — ou seja, quando o eletrodoméstico não é higienizado corretamente —, o quadro de saúde tende a se agravar e provocar o surgimento de inflamações e doenças respiratórias sérias — como falaremos mais adiante. 

Além disso, para as pessoas que fazem parte do grupo de risco em relação a problemas respiratórios, como idosos, crianças e portadores de determinados distúrbios crônicos, o risco é ainda pior.

Mantendo a limpeza interna do aparelho com regularidade — bem como a troca periódica do filtro —, é possível controlar a situação e utilizar o ar condicionado de maneira saudável, sem prejudicar a inalação de ninguém. O melhor é que você mesmo pode cuidar dessa etapa de manutenção.

Por que a manutenção do ar condicionado é fundamental?

Quando optamos entre um ar condicionado ou um climatizador, sempre levamos em conta a necessidade de potência do equipamento para refrescar o calor do ambiente, certo? 

Agora, imagine a dor de cabeça para quem escolhe a primeira opção esperando uma ótima refrigeração do ar e, dentro de alguns meses, nota o aparelho perdendo a potência?

Bom, esse pode ser apenas mais um problema causado pela sujeira e que é facilmente resolvido com uma higienização completa e com a manutenção do ar condicionado

Portanto, se você desconfia que o seu aliado do verão está com algum defeito por não conseguir refrescar o cômodo como antes, vale checar se as limpezas do ar condicionado sujo estão em dia e, se necessário, contar com um profissional de confiança para realizar o serviço.

6 doenças causadas pelo ar condicionado sujo

O que no começo deve parecer apenas um desconforto para respirar — ou ainda uma leve irritação alérgica simples —, se não for corrigido logo, pode acabar desencadeando problemas gravíssimos e resultar até em internações hospitalares a fim de tratar as complicações. 

Assim, para te mostrar como o assunto é sério, separamos seis doenças que podem ser causadas pelo ar condicionado sujo. Veja abaixo:

1. Rinite alérgica

A rinite alérgica é uma das enfermidades mais comuns que o ar condicionado sujo pode desencadear e ela atrapalha muito a qualidade de vida da pessoa doente. 

Trata-se da inflamação da mucosa do nariz, provocando coceira, espirros, congestão, coriza e sangramentos nasais, além de olhos lacrimejantes e inchaço no rosto. É importante destacar que pode ainda haver fortes dores na face e nos ouvidos.

2. Crise asmática

A crise asmática é causada pela inflamação dos brônquios, limitando a passagem do ar. Os sintomas são tosse, chiado, aperto no peito e falta de ar. 

Em casos graves, durante uma crise asmática — especialmente quando há um ar condicionado sujo no mesmo ambiente que o paciente —, a falta de ar pode evoluir para uma insuficiência respiratória, sendo necessário recorrer à bombinha de asma ou até mesmo ao balão de oxigênio no hospital.

3. Inflamação das amígdalas

Também conhecida como amigdalite, essa doença pode ocorrer por infecção viral ou bacteriana, sendo essa última geralmente causada pelo ar condicionado sujo. 

A inflamação provoca dor de garganta, dificuldade para engolir e falar, além de sensibilidade na região dos gânglios linfáticos do pescoço. Vale frisar que quadros graves necessitam de cirurgia para remoção das amígdalas.

4. Ressecamento do muco nasal

O tecido interno do nosso nariz, chamado de mucosa, é composto por pequenos cílios e fluidos que funcionam como uma espécie de filtro, impedindo que as bactérias sejam inspiradas junto com o oxigênio

No entanto, o uso do ar condicionado reduz a umidade do ar e diminui significativamente esse muco. Por isso, se o aparelho estiver sujo, as chances das bactérias penetrarem pelas narinas e chegarem até os pulmões são enormes.

5. Doença dos legionários

Outra doença provocada por bactérias presentes no ar condicionado sujo, essa é considerada um tipo de pneumonia severa e pode ser fatal. 

Muitos pacientes não manifestam sintomas — o que dificulta o diagnóstico —, mas aqueles que apresentam costumam ter febre, tosse, falta de ar, dores musculares e dor de cabeça frequente. 

6. Pneumonite de hipersensibilidade

Conhecida também como alveolite alérgica, essa patologia surge pela aspiração de poeira ou vapor contaminado com proteínas orgânicas — ou seja, o ar condicionado sujo é um grande fator desencadeante. 

A pneumonite afeta diretamente os alvéolos com uma inflamação aguda ou crônica, e tem como principais sintomas a tosse, a dispneia, a perda de peso e a febre — sendo eventualmente confundida com a gripe comum.

Como limpar ar condicionado sujo?

Saiba como higienizar ar condicionado sujo com as dicas da TempoTem!

Agora você deve estar ansioso(a) querendo saber como higienizar o ar condicionado e afastar de vez todos essas doenças do seu lar, não é mesmo? 

Pois bem, você pode sim cuidar da limpeza do ar condicionado sujo, mas precisará seguir algumas instruções para não esquecer de nenhuma peça e não prejudicar o funcionamento do seu equipamento. 

Confira a seguir quais são esses cuidados de higienização e saiba como limpar ar condicionado:

Higienização externos dos aparelhos

Embora o ar condicionado sujo por dentro seja a parte mais preocupante para a saúde, isso não significa que o lado externo precise de menos cuidados. 

É essencial limpar o seu equipamento por fora — como a tampa e o painel — utilizando um pano úmido e removendo semanalmente toda poeira que se acumula por ali — e, caso haja alérgicos em casa, a recomendação é fazer a limpeza a cada dois ou três dias. 

Limpeza e troca do filtro

Na parte de dentro do aparelho você poderá encontrar dois filtros, um de nylon e outro de carvão ativado ou de HEPA. Aqui, comece a limpeza com um aspirador de pó para remover a parte mais grossa da sujeira. 

Feito isso, retire o filtro de nylon e lave-o com água fria e sabão neutro. Já o filtro de carvão ativado ou de HEPA não pode ser lavado, apenas aspirado mensalmente e trocado por um novo a cada 5 meses.

Manutenção da unidade condensadora

É importante lembrar que o ar condicionado sujo não fica apenas na unidade interna do equipamento, pois a condensadora também acumula muita sujeira. 

Por isso, é preciso retirar a poeira e detritos que com o tempo se amontoam nas serpentinas de troca de calor e na abertura do painel da unidade externa. 

Nesta etapa, por se tratar de uma peça mais técnica, é recomendado solicitar o serviço de um profissional qualificado para higienização do ar condicionado.

Dicas para fazer limpeza de ar condicionado

Como a TempoTem pensa sempre em facilitar a sua vida e tornar as tarefas do dia a dia muito mais práticas, fizemos uma seleção de dicas que com certeza lhe ajudarão a acabar com o problema do ar condicionado sujo e melhorar a sensação de bem-estar dentro de cada cômodo, deixando a sua casa muito mais agradável

Saiba como fazer a limpeza de ar condicionado:

Faça a higienização em períodos regulares

Tenha um dia fixo na semana para retirar a poeira superficial dos aparelhos e não demore mais do que 30 dias para fazer higienização do ar condicionado de forma completa, aspirando as partes internas, lavando o filtro de nylon e checando as condições de limpeza da condensadora. 

Dessa forma você não corre o risco de esquecer de limpar o equipamento e preserva a saúde dos seus familiares.

Siga as orientações de uso do fabricante

Cada modelo de ar condicionado possui diferentes orientações de uso, de limpeza e de manutenção, por isso é fundamental ler o manual do aparelho para fazer cada procedimento corretamente. 

Seguindo essas instruções, você garante a segurança do seu lar, a vida útil do equipamento e o seu bom funcionamento, mantendo sempre um ar gelado e agradável no ambiente.

Não adie manutenções e troca de peças

Aproveite a limpeza do ar condicionado sujo para fazer um check-up no aparelho, e lembre-se de trocar o filtro dentro do prazo e recarregar o gás refrigerante quando necessário. 

Além disso, ao notar qualquer sinal de irregularidade no funcionamento do ar — seja falta de potência ou infiltração, por exemplo — não exite em chamar um técnico para avaliar o caso.

Conte com auxílio de profissionais qualificados

Para as situações de emergências e manutenções mais complexas, não deixe contar com uma assistência qualificada para cuidar do seu ar condicionado. 

Afinal, somente um técnico capacitado poderá fazer a instalação correta do equipamento, realizar a troca de peças quando necessário e identificar qualquer problema que exija um reparo especial.

Deu para aprender a importância de não manter o ar condicionado sujo dentro de casa, não é? Agora que você já sabe a gravidade dos riscos que ele pode oferecer para a saúde da sua família, não deixe de seguir as nossas dicas de higienização e garantir um ar puro e agradável na sua casa.

E, se você quiser mais praticidade e segurança, na plataforma da TempoTem você pode encontrar ainda profissionais para realizar toda a limpeza do ar condicionado sujo, solucionar as manutenções pendentes e deixar o seu aparelho funcionando como novo.

Basta acessar o site clicando aqui para contratar o serviço que você procura pelo melhor preço do mercado.

Alivie a temperatura com segurança, agende uma visita técnica e conte com a TempoTem, a líder em serviços assistenciais!

Autor

Bianca Amaral

Apaixonada por e-commerce e com mais de uma década atuando entre as áreas de Marketing e Inovação. Trabalhou com Eventos, “produtização” de Serviços e lançamento de Produtos, liderou a idealização e lançamento do Marketplace no Walmart.com Brasil e o lançamento de categorias na Amazon Brasil. Na TempoTem, dedica-se a trazer a simplicidade do e-commerce de Produtos para transformar o mercado de Serviços. Nas horas vagas, desdobra-se entre os papéis de mãe, atleta amadora de corrida de rua e entusiasta da cozinha saudável.

Deixe seu comentário