Descobrir uma infiltração no teto é o que podemos chamar de sinal de alerta — afinal, esse defeito evidencia a necessidade de realizar a manutenção da área afetada e livra-se de vez de qualquer problema que possa danificar a estrutura da residência. 

E, se você já identificou alguma infiltração no teto da sua casa e quer saber como acabar com o problema da forma correta, confira este guia completo preparado pela equipe da TempoTem, com as principais causas e soluções para as infiltrações e vazamentos.

É importante ressaltar que adiar o conserto de qualquer parte do lar é extremamente perigoso, mas o tempo se torna ainda mais arriscado quando se trata da infiltração no teto — já que os materiais dessas paredes superficiais são pesados e podem ceder.

Então, para não colocar em risco a segurança da sua família e ainda poupar com os gastos extras de uma reconstrução completa do teto da casa, continue a leitura e veja as dicas que separamos para você.

4 tipos de infiltração no teto

Fique atento à origem da infiltração, é fundamental para uma boa recuperação do local.

Conhecer as causas da infiltração no teto é uma das tarefas mais complicadas, pois a origem da umidade, muitas vezes, está associada a falhas quase imperceptíveis e escondidas. 

Mas, atenção: essa tarefa é fundamental para a correção da fissura e a recuperação da estética do local. 

E, para te ajudar com o diagnóstico do problema na sua residência, abaixo listamos os quatro tipos de infiltrações no teto mais comuns, para que você descubra qual deles pode estar afetando o espaço onde mora:

1. Telha quebrada

É comum que partições no telhado provoquem a infiltração no teto, e isso ocorre em razão das intempéries naturais, da qualidade do material utilizado e de um serviço inadequado, que tendem a desgastar as telhas com mais facilidade. 

Dessa forma, o resultado é um só: ao invés da água da chuva escorrer para a calha, ela acaba entrando pelas frestas do telhado quebrado e se acumula na superfície da laje.

Saiba que esse não é um problema difícil de resolver, mas é importante que ele seja notado o mais rápido possível, para que não cause danos maiores ao teto da residência. 

E aqui, o recomendado é que anualmente seja feita uma vistoria do telhado para alinhar qualquer parte que tenha saído do local correto e realizar a substituição das peças que estiverem prejudicadas ou rachadas.

2. Rachadura na laje

Se a casa ou o prédio não possui telhas, mas apenas uma laje externa, a infiltração no teto pode ser originada de rachaduras em tal estrutura. 

E esse é um defeito muito sério, afinal, a resistência da laje faz parte da sustentação residencial e a sua fratura pode resultar em desabamentos ou outros acidentes graves.

Em situações como essa, além de uma checagem geral em toda a estrutura de colunas e alicerce, é indispensável que seja realizada a impermeabilização da laje

A impermeabilização proíbe que a água da chuva penetre no teto e cause a infiltração, bem como protege das próprias rachaduras que podem surgir pela ação do tempo.

3. Tubulação com vazamento

A maioria das casas — e, principalmente os apartamentos — possuem um longo encanamento, que percorre pelas paredes e pelo teto para abastecer cozinhas e banheiros em todos os andares. 

Se houver rachaduras ou pequenos deslocamentos nestes canos, é possível que em poucos dias surja uma infiltração no teto e seus danos sejam notáveis pelo morador.

Por se tratar de um vazamento na tubulação interna da laje, aqui é preciso realizar uma pequena reforma, abrindo a parte do teto afetada para que seja feito o conserto na encanação. 

Além disso, algumas vezes, a região a ser quebrada estará localizada no piso de cima — ou seja, para quem vive em edifícios, o vizinho do andar superior precisará viabilizar o espaço para o reparo.

4. Umidade no banheiro

Há, ainda, a possibilidade da sua infiltração no teto se tratar, na verdade, de uma umidade no banheiro, causada pela baixa ventilação do ambiente

Com isso, é frequente que apareçam as manchas de mofo no local, além de outros sinais externos típicos de um vazamento — mesmo que ele não exista de fato.

Neste caso, os moradores da casa precisarão estudar maneiras de melhorar a circulação de ar pelo banheiro. 

A troca de basculantes por janelas maiores, por exemplo, é uma das opções mais práticas, além da inclusão do hábito de manter as portas do cômodo e do restante da casa sempre abertas. 

Ah, e um exaustor também pode ajudar a retirar essa umidade que fica presa no espaço, viu?

Como identificar uma infiltração no teto?

A estética do seu teto sempre dá dicas sobre possíveis problemas internos.

Como as causas das infiltrações no teto podem ser quase invisíveis no dia a dia, a falha costuma ser identificada, inicialmente, pelos danos estéticos que são ocasionados no ambiente — um motivo a mais para você prestar atenção nos detalhes do lar. 

Alguns desses sinais aparentes que ajudam a saber se o seu teto está ou não com problemas são: 

Manchas de mofo

Como já falamos anteriormente, as manchas de mofo podem ser sinal de umidade causada pela falta de ventilação. Porém, também é comum que elas sejam recorrentes de vazamentos no local. 

Assim, principalmente nas estações mais chuvosas, a infiltração no teto costuma dar as caras por meio do aspecto e do cheiro de mofo que fica impregnado no espaço.

Por isso, é imprescindível identificar a causa destes bolores, realizar a manutenção e, só então, fazer a limpeza do cômodo para remover o mofo

Lembre-se que não adianta higienizar a área para a retirada das manchas sem concluir os reparos necessários, caso contrário, o vazamento e a umidade voltarão dentro de poucas semanas.

Acabamento descascando

Pintar acabamentos descascados não resolve o problema de infiltração.

Quando a massa corrida ou a tinta do teto começam a descascar, é provável que exista uma infiltração por ali. 

Se o selador aplicado antes da pintura não for de boa qualidade, o produto pode se soltar do teto com ainda mais facilidade, visto que a fixação da tinta já não estava adequada e a presença da água acelera o desgaste do acabamento.

E, assim como no caso das manchas de mofo, não cometa o erro de tentar corrigir o problema estético sem checar a origem da infiltração no teto, ok? 

Além disso, tenha em mente que esse quadro é frequente em banheiros, quando há tubulação com algum pequeno escape de água, que deixam a área sempre molhada e absorvendo a umidade.

Caixa d’água com defeito

Se você notou que sua caixa d’água está com defeito, cheque toda a laje na qual ela está instalada e verifique se há empoçamento de água em algum ponto — ou se existe uma infiltração profunda. É normal que a ação do tempo resseque a caixa, fazendo-a rachar e provocar vazamentos.

Dependendo da gravidade da rachadura na caixa d’água, dá para fazer a vedação com um produto apropriado e manter a mesma estrutura. 

No entanto, se a fissura for muito grande ou se o plástico da peça estiver quebradiço, o ideal é fazer a substituição, para evitar que a infiltração no teto continue aparecendo pelo mesmo motivo.

Goteiras e buracos

As goteiras e buracos pelo teto também são um dos sinais mais evidentes de infiltração. O problema, nestes casos, é que quando os pingos aparecem, significa que o vazamento está por ali há muito tempo e já começou a danificar a estrutura da casa

Em coberturas de gesso, por exemplo, a umidade pode fazer com que caiam pedaços inteiros da superfície.

Sendo assim, esperar para que infiltração no teto chegue a este ponto antes de buscar um profissional sairá muito mais caro e ainda será desconfortável para a família, já que uma reforma maior será necessária não apenas para o reparo do vazamento, mas também para a reconstrução do teto.

3 passos para eliminar corretamente as infiltrações no teto

Vistorias periódicas custam menos que uma reforma a longo prazo.

Mais uma vez, vamos ressaltar a importância de procurar um técnico especializado para resolver efetivamente o problema da infiltração no teto, para evitar que esse transtorno volte a surgir na sua casa. 

Além disso, vale frisarmos que, por mais que os danos estéticos sejam bem desagradáveis, eles não devem ser a prioridade na hora de fazer os reparos, ok?

Com isto em mente, queremos lhe ajudar a evitar a corrigir o problema. Portanto, a seguir listamos em ordem os três passos que você precisa seguir para acabar com os vazamentos no teto. São eles:

1. Realize as manutenções periodicamente

Agora que você sabe quais são as possíveis causas da infiltração no teto da sua residência, faça uma vistoria para ter certeza de onde vem a umidade. 

Após isso, contrate um profissional para concluir o conserto e se programe para fazer a manutenção periódica de qualquer peça que possa causar defeitos, como as telhas e as caixas d’água quebradas, por exemplo.

2. Impermeabilize a laje

Para quem não possui telhado ou em regiões onde o volume da chuva costuma ser mais intenso, é extremamente recomendado fazer a impermeabilização da laje

Esse processo é importante para garantir que a estrutura da casa não sofrerá nenhuma deterioração nas épocas mais frias e molhadas do ano.

3. Faça a raspagem do teto

Somente após concluir toda manutenção e serviços de precaução contra a infiltração no teto é que você poderá preparar a área para dar um novo acabamento

Será preciso fazer uma raspagem para limpar as manchas de mofo e umidade, seguida de uma aplicação de massa corrida e selador, para, por fim, completar com a tinta.

E, para que todos esses passos sejam bem efetuados, não deixe de contar com um técnico de confiança desde o momento da avaliação da infiltração no teto até a pintura da área corrigida

Na TempoTem, por exemplo, você pode encontrar profissionais capacitados para realizar cada etapa do serviço com a melhor qualidade e por um preço acessível. Para conferir os valores e agendar a visita de um técnico, clique aqui.

Bom, deu para notar como é importante consertar imediatamente qualquer tipo de infiltração no teto, não é mesmo? 

Então, siga todas as dicas acima e não deixe os cuidados com o seu lar para depois — afinal, seu cantinho precisa ser o mais seguro e confortável possível para abrigar os melhores momentos ao lado de quem você ama! 

E caso queira ser um prestador de serviços da TempoTem e realizar serviços de infiltração como os desse artigo, é só baixar nosso APP na Google Play e fazer parte do nosso time!

Autor

Bianca Amaral

Apaixonada por e-commerce e com mais de uma década atuando entre as áreas de Marketing e Inovação. Trabalhou com Eventos, “produtização” de Serviços e lançamento de Produtos, liderou a idealização e lançamento do Marketplace no Walmart.com Brasil e o lançamento de categorias na Amazon Brasil. Na TempoTem, dedica-se a trazer a simplicidade do e-commerce de Produtos para transformar o mercado de Serviços. Nas horas vagas, desdobra-se entre os papéis de mãe, atleta amadora de corrida de rua e entusiasta da cozinha saudável.

Deixe seu comentário