Nada como chegar em casa e tomar um banho relaxante depois de um dia intenso de trabalho, não é mesmo? Mas entre tantos tipos de chuveiros, será que você sabe como escolher a opção ideal para o seu banheiro?

Foi pensando nessa dúvida e em te ajudar a acertar na hora da compra, que a TempoTem preparou um guia completo com tudo o que você precisa conhecer para adquirir o melhor chuveiro.

Pressão de água, vazão, instalações e modelo são apenas alguns dos fatores que você precisa ficar de olho para decidir quais tipos de chuveiros seriam mais eficientes e econômicos na sua casa. Afinal, a escolha do equipamento também precisa estar alinhada com a estrutura da residência para oferecer um ótimo resultado.

Portanto, se você quer garantir que o seu chuveiro tenha a temperatura e o caimento de água dos sonhos, continue a leitura e confira todas as dicas que preparamos.

Quais são os principais tipos de chuveiros?

Conhecer os diferentes tipos de chuveiros é importante para escolher a melhor opção.

Embora o elétrico seja, atualmente, o mais utilizado, existem outros tipos de chuveiros que, apesar de não tão populares, podem ser interessantes para projetos residenciais específicos. 

Para te ajudar a descobrir qual o melhor chuveiro de acordo com a estrutura da sua casa, elencamos os principais modelos e a diferença entre cada um. Confira!

Chuveiro a gás

Os tipos de chuveiros por aquecimento a gás são mais comuns em edifícios, no qual a tubulação já vem pronta e instalada para todas as unidades de apartamento.

Esse é o melhor modelo para quem busca reduzir a conta de energia, já que não usa eletricidade durante o banho, porém, o gasto de água é muito maior do que em equipamentos elétricos, além da regulagem de temperatura muitas vezes não ser tão precisa.

Chuveiro elétrico

Como já mencionamos, o chuveiro elétrico é, atualmente, um dos mais populares por ser acessível, oferecer bom desempenho no aquecimento de água e ainda possuir umas das instalações mais simples para os projetos residenciais.

Sua desvantagem está no alto consumo de energia, que pode causar um grande aumento nas contas de luz. No entanto, reduzir a duração do seu banho já ajuda a amenizar esse problema.

Chuveiro eletrônico

Este é um dos tipos de chuveiros mais precisos e resistentes, apesar de ser uma variação do modelo elétrico e também funcionar a base de energia.

Graças a sua tecnologia avançada, o chuveiro eletrônico permite regular o aquecimento da água com o dispositivo já ligado e alguns modelos podem alcançar até 14 temperaturas diferentes. Essa opção tende a ser mais econômica, porém é necessário que toda a instalação elétrica e a tubulação hidráulica sejam compatíveis com o modelo.

Chuveiro híbrido

O chuveiro híbrido, na realidade, reúne dois tipos de chuveiros: o elétrico e o solar. Essa opção é excelente para quem deseja ter um sistema de energia solar e aproveitar tanto a energia sustentável quanto reduzir os gastos com a conta de energia elétrica.

O chuveiro híbrido exige um investimento um pouco mais alto, já que é necessário a instalação do sistema solar de energia, mas é uma opção que vale ser estudada caso você ainda esteja na fase de desenhar o projeto da sua casa.

5 características dos melhores chuveiros elétricos

Confira as características dos melhores chuveiros elétricos.

Como vimos que os chuveiros elétricos são os mais procurados, faremos um tópico apenas para esse modelo. Afinal, este equipamento é capaz de garantir uma experiência moderna, confortável, econômica e potente para o banho, além de praticidade na instalação e no dia a dia de uso.

Mas além dos pontos citados acima, independentemente de marcas, modelos e valores, os melhores chuveiros elétricos precisam reunir algumas qualidades para realmente serem um bom investimento.

Então, confira quais são as cinco características indispensáveis na hora de adquirir esses tipos de chuveiros movidos à eletricidade:

1. Alta potência

Um bom chuveiro elétrico precisa ter potência suficiente para deixar a água quentinha mesmo nas mais baixas temperaturas do inverno, mas é importante estar ciente que este recurso demanda mais energia e pode vir a pesar na conta de luz. 

No entanto, se o modelo tiver as variações de temperaturas — outro ponto essencial e que falaremos a seguir — é possível escolher qual potência usar de acordo com o clima. Ao optar pela potência baixa durante dias mais quentes, você garante uma economia de energia.

2. Precisão de temperatura

Os melhores chuveiros elétricos têm ao menos três variações de temperaturas disponíveis no aparelho. Nos eletrônicos, essa variação pode ser até cinco vezes maior. 

Por isso, o ideal é que você opte por uma versão em que possa ter autonomia para definir a temperatura do seu banho com certa precisão durante as diferentes estações do ano. Portanto, antes de passar o cartão, confira se o modelo oferece estabilidade térmica.

3. Fácil instalação

Os chuveiros elétricos são os mais fáceis de instalar, o que acelera a finalização da sua obra e reduz a chance de possíveis defeitos decorrentes de uma aparelhagem complexa. 

Apesar disso, para todos os tipos de chuveiros é fundamental que a instalação seja feita somente por um profissional qualificado para adequar o equipamento à fiação e à tubulação residencial.

4. Manutenção rápida

Todos os tipos de chuveiros elétricos funcionam com o auxílio de uma peça chamada resistência e é por ela que a água passa para poder chegar quentinha até você. 

Sabemos que, eventualmente, a resistência pode queimar e precisará ser trocada por uma nova. Um chuveiro de qualidade oferece procedimentos simples e rápidos de manutenção, sem haver a necessidade de desinstalar o aparelho para realizar a troca de uma peça.

7 passos para escolher o melhor chuveiro para sua casa

Existem alguns passos que podem ser seguidos para escolher o melhor chuveiro para seu banheiro.

São muitos os tipos de chuveiros, mas nem todos vão realmente oferecer o conforto e a economia que você procura. Por isso, é muito importante estar de olho nas dicas que demos anteriormente. 

E agora que você já sabe quais características fazem um bom chuveiro e porquê o elétrico é o mais procurado, veja 7 passos que você deve seguir para escolher o equipamento correto de acordo com suas necessidades e que permitirão que você aproveite banhos relaxantes no conforto da sua casa:

1. Instalação de parede ou teto

De acordo com o projeto hidráulico da sua residência será possível saber se o melhor chuveiro para você é aquele instalado no teto ou na parede.

Essa é uma questão bem simples e que deve ser resolvida juntamente com seu arquiteto para não restar nenhuma dúvida sobre qual o caminho para seguir com a tubulação.

2. Com ou sem pressurizador

Quanto mais alta estiver localizada a sua caixa d’água, maior será a pressão no seu chuveiro, especialmente nos banheiros mais próximos ao térreo. Caso a sua caixa não tenha altura suficiente para dar pressão à água, você precisará de um dos tipos de chuveiros com pressurizador para realizar este trabalho. 

Vale frisar que este equipamento pode ser um pouco mais caro, mas realmente compensa para quem deseja aquela sensação de um banho massageador.

3. Tamanho do espalhador

O espalhador é a peça final por onde sai a água na hora do seu banho. Um espalhador maior garante mais água caindo sobre você, enquanto um espalhador menor promove menos fluxo de água, porém mais intenso e com maior pressão. A partir daí vale escolher o que for mais confortável e vantajoso para o seu dia a dia.

4. Formato do jato

Além dos vários tipos de chuveiros, existem também diferentes tipos de jatos. Portanto, de acordo com as possibilidades disponíveis dentro dos níveis de pressão e condições de instalações da sua residência, o formato do jato pode variar desde efeito cascata até o estilo nebulizador. 

Entenda que essa decisão influencia diretamente na sua experiência de relaxamento durante o banho, logo, é interessante considerar a sugestão do seu arquiteto.

5. Capacidade de vazão

A capacidade de vazão dos melhores chuveiros elétricos pode variar de 6 até 60 litros e, por isso, essa é uma escolha que deve ser feita com bastante cautela

É importante explicar que a vazão também depende do tamanho do espalhador e da capacidade do pressurizador, portanto, são decisões que se complementam, ok?

6. Material de fabricação

Os tipos de chuveiros que apresentam melhor durabilidade são aqueles produzidos em aço inoxidável, um material um pouco mais caro, mas que é resistente às altas temperaturas da água quente e também imune a corrosões que podem surgir em peças metálicas instaladas em ambientes úmidos.

7. Design e acabamentos

A escolha do design do seu chuveiro depende muito dos fatores já listados acima, como pressurização, capacidade de vazão etc. Entretanto, o seu gosto e as suas preferências estéticas também precisam ser levadas em consideração

Dentro das possibilidades que as instalações e tubulações do seu banheiro comportam, não deixe de conferir aqueles tipos de chuveiros que tenham acessórios úteis para o dia a dia, como ducha manual ou até mesmo luzes de led no espalhador.

Seguir esse passo a passo cuidadosamente na escolha do seu equipamento é fundamental para que você possa ter as melhores experiências de relaxamento e autocuidado durante o banho.

Além disso, respeitar as exigências elétricas e hidráulicas da residência é uma garantia extra de bom funcionamento para todos os tipos de chuveiros, sem contar a praticidade que terá na hora de realizar qualquer tipo de manutenção.

Por que vale a pena escolher um chuveiro de qualidade?

Escolher um bom chuveiro garante um banho mais confortável e relaxante.

Os diversos tipos de chuveiros estão aí não apenas para fornecer água quente, pois cada um tem suas propriedades específicas que se adequam às necessidades residenciais. A substituição dos sistemas de aquecimento de água a gás para o sistema elétrico, por exemplo, surgiu justamente para se encaixar nas novas e mais modernas estruturas domiciliares.

Assim, podemos dizer que não é à toa que o chuveiro elétrico é o favorito, pois ele oferece um ótimo custo-benefício desde que escolhido corretamente. Isso quer dizer que, de acordo com as instalações elétricas e hidráulicas da residência, alguns tipos de chuveiros podem ajudar a economizar na sua conta de energia e água e ainda proporcionar uma ótima experiência de relaxamento durante o seu banho.

É importante frisar também que os tipos de chuveiros elétricos possuem uma instalação muito mais barata e extremamente acessível — afinal, a fiação de energia elétrica já está presente em todos os projetos residenciais. Justamente por ser tão popular, a mão de obra para instalação e manutenção também é facilmente encontrada.

Seu chuveiro queimou e você precisa trocar imediatamente? Gostou dos diferentes tipos de chuveiros mostrados e deseja instalá-los? Não se preocupe. É menos complicado do que parece! Saiba como trocar seu chuveiro de forma segura com nossas dicas abaixo.

E como você já sabe, na TempoTem é possível encontrar online os melhores profissionais para realizar qualquer serviço doméstico, incluindo troca e instalação dos mais variados tipos de chuveiros.

E caso queira ser um prestador de serviços da TempoTem e realizar instalações de chuveiros como as deste artigo, é só baixar o nosso APP na Google Play e fazer parte do nosso time

Autor

Bianca Maria Dos Santos

Analista de produtos. Especialista em desenvolvimento de produtos e novas soluções na prestação de serviços. Curiosa do mundo dos e-commerces, marketplaces e marketing digital. Apaixonada por inovação, negócios, música e gastronomia.

Deixe seu comentário