Você já reparou quantos tipos de pias de banheiro estão disponíveis nas lojas de material de construção?

São muitas, e com tanta variedade, é possível que você fique na dúvida de qual modelo é o mais indicado para o seu lar e estilo de toilet, além de qual opção une funcionalidade e agrada o seu gosto pessoal, acertamos?

 Pois bem, e já que de reparos, reformas e serviços domésticos a TempoTem é especialista, hoje preparamos um guia com todos os tipos de pias de banheiro, além de dicas para você escolher a cuba perfeita.

Sabemos que definir a mobília fixa da casa é sempre uma etapa que exige bastante cautela, afinal, a aquisição e a instalação de certas peças pedem um investimentos maior.

Geralmente, estas peças necessitam de uma minirreforma, como é o caso de determinados tipos de cubas e vasos sanitários, por exemplo.

 Logo, é importante que você esteja por dentro das principais opções do mercado para montar o cômodo sem errar e não jogar dinheiro fora, e nessa missão nós fazemos questão de te ajudar. Vamos lá?

7 principais tipos de pias de banheiro

A arquitetura residencial se reinventa a cada dia. Assim, com os anos muitas tendências que você amava podem sair de moda ou mesmo perder a funcionalidade. 

Enquanto outras são adaptadas e remodeladas para continuarem fazendo parte do dia a dia das famílias — e isso inclui os tipos de pias de banheiro, além de muitos outros conceitos estruturais de uma casa.

E para que você fique por dentro das tendências mais utilizadas atualmente em lavabos e toilets de casas e apartamentos, abaixo elencamos sete dos principais tipos de pias de banheiros, explicando as diferenças e quais as indicações para cada um dos modelos:

1. Pia de parede

Há muitos  tipos de pia de banheiro, o segredo é escolher a que mais combina com sua casa.

As pias suspensas ou de parede são ótimas alternativas para quem tem pouco espaço e deseja manter uma área maior do chão livre

Além disso, são indicadas especialmente para lavabos e quando não há necessidade de balcão inferior com portas e gavetas para armazenar utensílios.

Vale frisar que a instalação dessa cuba é muito mais simples se comparada com as demais que citaremos a seguir, pois é feita com buchas e parafusos diretamente na parede. 

Entretanto, o profissional contratado para realizar a instalação precisa ter conhecimento da tubulação e muita cautela na hora de perfurar os azulejos, ok?

2. Pia montada

Este modelo oferece um design mais prático com locais de instalação de torneiras 

Para quem busca praticidade, os tipos de pias montadas facilitam todo o processo de escolha, uma vez que a peça já tem a sua própria bancada e ainda conta com os locais adequados para a instalação da torneira ou do misturador.

Esses tipos de cubas são considerados como uma peça única, já que na maioria dos casos tanto a pia quanto a bancada são feitas do mesmo material. 

Porém, é importante que você tenha em mente que o armário inferior pode ser do material e no modelo que você preferir, basta que o tamanho seja adequado e resistente para receber e dar sustentação a cuba e a bancada, ok?

3. Pia de apoio

            Cubas de apoio oferecem um design inovador e contemporâneo

Um dos modelos que têm se tornado bem popular nas residências mais modernas são os tipos de cubas de apoio. 

Encaixada sobre a superfície da bancada, a pia de apoio também ocupa menos espaço dentro de banheiro ou do lavabo e pode ou não conter um armário abaixo.

Esse é um dos tipos de pias de banheiro que são encontrados em diversos formatos, e por isso tem despertado o interesse dos amantes de designs inovadores e tendências mais contemporâneas. 

Além disso, o seu custo pode ser bem acessível, a depender apenas do tamanho e do material de fabricação.

4. Pia de sobrepor

      As pias de sobrepor são muito requisitadas pela possibilidade de fácil instalação

Os tipos de cubas de sobrepor são aqueles que possuem um acabamento que ultrapassa a superfície da bancada, deixando as bordas da peça mais altas do que a base do balcão ou do armário inferior.

Podemos dizer também que essa pia de sobrepor é uma das mais fáceis de instalar, sendo fixadas no canal de abertura da bancada e normalmente não possuem entrada para a torneiras ou misturadores, que tendem a ser fixados igualmente na bancada. 

Vale complementar que os tipos de pias de banheiro no modelo de sobrepor vão desde versões arredondadas e clássicas até as ovais, quadradas e mais modernas, agradando assim a todos os gostos.

5. Pia de embutir

Dentre os tipos de pia de banheiro, este, por se adequar com facilidade à estética do ambiente, é muito escolhido.

Ao contrário da pia de sobrepor, aqui temos um dos tipos de pias de banheiro mais discretos do mercado. 

Nesse modelo a cuba fica completamente dentro do “furo” existente na bancada, portanto não interfere na estética no ambiente e ainda valoriza a mobília escolhida.

Normalmente as pias de embutir são utilizadas em bancadas de pedra, como mármore, granito e porcelanato. 

Ah, e o material de fabricação da cuba é importante para complementar o design da bancada e dar mais requinte ao estilo do banheiro.

6. Pia de semiencaixe

Quando o assunto é estilo a pia de semi encaixe é a opção mais adequada

Para quem gosta de tipos de pias de banheiro que sejam mais ousados, a pia de semi encaixe é a opção perfeita. 

Fixada na bancada somente pela parte traseira, aqui a cuba tem como acabamento frontal a própria peça, que sobressai à base e se sustenta sem apoios.

Esse modelo é mais indicados para lavabos — principalmente quando a estrutura e a instalação do cômodo não são adequadas para uma cuba de grande profundidade — e garante sofisticação e ideia de amplitude ao espaço.

7. Pia de coluna

Com design clássico, as pias de coluna oferecem a vantagem de possuir no máximo duas peças.

As pias de colunas também são extremamente populares e clássicas, usadas há anos em todos os tipos de residências. 

Entretanto, os tipos de pias de banheiro com colunas — isto é, encaixadas por uma coluna diretamente no chão — também se reinventaram ao lado da arquitetura e ganharam novas formas supermodernas.

A vantagem deste modelo é que, além de economizar espaço, ele é constituído basicamente por uma única peça — ou no máximo duas.

 Ou seja, é uma opção completa, bem eficiente e de fácil instalação.

6 cuidados essenciais para todos os tipos de cubas

A escolha da sua cuba depende unicamente do seu gosto, do espaço disponível e do orçamento previsto para a obra.

 Após isso, cabe a você prezar pelo seu investimento cuidando corretamente da peça que foi instalada no lar.

Para aumentar a durabilidade da cuba e lhe ajudar a economizar com trocas e reformas, listamos seis dicas que servem para todos os tipos de pias de banheiro e atuam na conservação da mobília e no conforto do ambiente.

São eles:

1. Lave a cuba diariamente

Cuidando com a devida periodicidade dos cômodos de seu lar, eles estarão com aparência de novos por anos.

Apesar do material da louça ser de fácil limpeza, é comum que alguns tipos de pias de banheiro fiquem encardidos com o acúmulo de poeira.

 Mas, realizando uma lavagem básica diariamente, você evita que os pózinhos do ar fixem na peça e causem manchas permanentes.

É interessante também sempre secar a bancada da sua pia após a lavagem, especialmente se o seu móvel for de madeira ou de qualquer outro material semelhante.

Dessa forma você conservará a peça como um todo e eliminará qualquer sinal de desgaste por umidade ou mofo.

2. Utilize água morna para fazer a limpeza

Além da poeira do ambiente, a gordura do nosso corpo removida com a água quente da torneira também tende a aglomerar na sua cuba e causar uma mancha amarelada.

 Mas, saiba que isso pode ser resolvido com água morna em uma limpeza um pouco mais caprichada ao menos uma vez por semana.

Essa dica de ouro também serve para vasos sanitários e azulejos, ok? 

Afinal, assim como os tipos de pias de banheiro que são de porcelana, essas outras peças vão ficando engordurados com o tempo, e a higienização fica bem mais fácil.

O que pode ser facilitada quando realizada com água morna juntamente com os produtos de limpeza apropriados para o material.

3. Não deixe manchas e sujeiras secarem

Manchas de uso que não são limpas rapidamente, tornam-se difíceis de serem tiradas ou até fixas.

Creme dental, enxaguante bucal, sabonete e outros produtos de higiene diária podem respingar na cuba e causar manchas bem mais resistentes se não removidas antes de secarem

Portanto, assim que uma gotinha cair na pia, utilize um lenço umedecido para fazer uma limpeza rápida, simples e eficaz.

Já em caso de manchas causadas por tinta, gordura ou matéria orgânica — como algum alimento —, utilize uma loção removedora.

Evite friccionar demais durante a higienização para não prejudicar a estética do material. 

Além disso, se for o caso, consulte as orientações do fabricante para saber quais substâncias químicas aplicar ou não nos tipos de pias de banheiro que você optou para sua casa.

4. Sempre dê preferência ao detergente neutro

Como mencionamos acima, algumas manchas requerem um produto um pouco mais forte durante a limpeza, entretanto, para lavagens do dia a dia sempre dê preferência ao detergente neutro

O detergente neutro não causa manchas, não tem odor, remove a gordura e ainda garante uma aparência lustrosa para alguns tipos de pias de banheiro.

 Para complementar, os panos macios também são os mais indicados para não causar arranhões na sua peça, uma vez que buchas de louça e esponjas de aço devem passar longe de todos os tipos de cuba, especialmente em limpezas pesadas.

5. Cuidado com objetos em cima da pia

Evite colocar itens sobre os objetos principalmente os que podem enferrujar com a umidade.

Para preservar o móvel, a bancada e a pia, tenha cuidado com os objetos que você apoia sobre a superfície.

Peças de ferro e metal, por exemplo, podem causar borrões de ferrugem, já que os locais estão frequentemente molhados ou úmidos.

Itens pesados também devem ser evitados para não causar danos à sustentação do móvel ou mesmo provocar rachaduras e quebras da pia, além de machucados seríssimos na sua família.

 Ah, sobre este ponto, é necessário frisar que alguns tipos de pias de banheiro são mais resistentes do que outros — como é o caso das versões de pedra de granito e mármore.

Mas nenhum deles é seguro para suportar o peso de uma criança ou de um adulto.

6. Certifique-se de que a instalação está correta

Para evitar possíveis acidentes domésticos e problemas como vazamentos e entupimentos, escolha um bom encanador para realizar a instalação ou troca da sua cuba. 

A TempoTem, por exemplo, disponibiliza os melhores profissionais para cuidar da parte hidráulica da casa e ainda instalar todos os tipos de pia de banheiro.

 Um serviço completo, seguro e de qualidade a preço popular, e para conferir mais informações é só clicar aqui.

E além de prestar atenção quanto a instalação, realizar manutenções periódicas — como a limpeza do cano sifão, do ralo, do arejador da torneira e até mesmo da caixa d´água. 

Estes serviços são fundamentais para garantir o bom funcionamento das peças da pia e aumentar a durabilidade de cada uma delas.

Para finalizar, queremos lembrar que os diferentes tipos de cubas contribuem muito para o design do seu lavabo e banheiro. 

Por isso, é importante que você analise cada um e opte pela opção mais adequada ao espaço do cômodo e estilo da residência.

Se seguindo as nossas dicas — que são recomendados para todos os tipos de pias de banheiro — será muito mais fácil manter os cômodos de sua casa sempre em bom estado e com aparência de novos por anos, não é mesmo?

Autor

Lourival Antonio da Silva Junior

23 anos de experiência na área de varejo com foco em bens e serviços dentro de empresas de grande porte como Submarino.com, Saraiva.com.br, Walmart.com e Wine.com.br. Mentor do E-Commerce Brasil, Palestrante, Apresentador, Terapeuta de PNL e curioso.

Deixe seu comentário