Ter torneiras vazando em casa pode parecer um problema pequeno, porém, saiba que não consertar aqueles pingos que caem o dia inteiro resultará em consequências chatas para os moradores. 

Além de aumentar o valor da sua conta de água e gerar muito desperdício ao meio ambiente, o barulho — principalmente na hora de dormir — é bastante incômodo e pode impedir até mesmo que as pessoas relaxem durante o sono e a rotina noturna em família.

E por se tratar de uma situação corriqueira e que afeta milhares de lares em todo país, a TempoTem — que é líder em soluções práticas para serviços residenciais — preparou um guia com dicas e informações para você resolver a torneira vazando e evitar que esse transtorno apareça novamente no seu lar. Vamos lá?

4 principais causas das torneiras com vazamentos

Conheça quais são as principais causas de torneira vazando na parede.

Todos os utensílios e ambientes da casa necessitam de manutenção, e isso não seria diferente com as torneiras.

Como já introduzimos acima, além do “pinga-pinga” que é capaz de tirar qualquer pessoa do sério, especialistas garantem que uma torneira vazando desperdiça até 10 mil litros de água por ano

E os contratempos não param por aí: uma torneira pingando pode danificar outros locais da residência, já que o acúmulo de água estraga os pisos, as paredes e os armários da cozinha e do banheiro, por exemplo, resultando em um enorme prejuízo para qualquer bolso.

Portanto, pensando em te ajudar a encontrar a causa da torneira vazando, elencamos os principais causadores desse problema, para que você possa solucioná-lo e evitar que volte a acontecer. São eles:

1. Força demais na hora de fechar a torneira

Apertar demais a torneira na hora de fechá-la pode causar desgaste em sua estrutura antes do tempo previsto. Afinal, com o passar do tempo você necessitará colocar uma força maior tanto para abrí-la como para fechá-la, prejudicando sua borracha interna.

Portanto, o ideal é nunca afrouxá-la demais e também parar de girá-la assim que a água cessar, sem colocar muita pressão, ok?

2. Falta de manutenção e de cuidados

Como vimos acima, todos os itens domiciliares pedem cuidados e a torneira faz parte desse time. Para mantê-la funcionando da forma correta é necessário trocar algumas peças — como o vedante, que falaremos a seguir — depois de um certo período de uso. 

Geralmente, se você utilizar produtos de qualidade é possível ter uma torneira sem pingar por até 5 anos, caso contrário — ou seja, ao optar por objetos sem garantia — o problema pode voltar depois de cerca de 6 meses. 

3. Problema no vedante de torneiras comuns

O vedante, conhecido popularmente como “borrachinha”, é a causa mais conhecida da torneira vazando na parede. Isso acontece pois, com o passar do tempo, essa peça vai se danificando e alargando e a torneira não consegue fechar da maneira correta, sendo necessário a troca da borracha com a ajuda de um profissional experiente.

Porém, vale explicar que nem toda torneira volta a funcionar corretamente apenas com a troca do vedante. Essas opções são mais presentes nas pias da cozinha e da lavanderia, por exemplo, por isso é necessário monitorar se a questão é realmente na borrachinha ou em outra parte.

4. Problema no reparo de torneiras 1/4

As torneiras do modelo “1/4 de volta” não possuem o vedante, portanto quando elas começam a pingar é necessário trocar sua estrutura interna — que possui peças como o reparo, o extensor e o arejador, além de um sistema que ajuda a conter a água. Geralmente, essas opções são vistas em banheiros e bidês. 

Caso você esteja com uma torneira vazando na base — e não apenas pingando através da saída de água — será obrigatório trocar o reparo completo para solucionar o problema.

Como consertar uma torneira vazando

Aprenda o passo a passo para consertar uma torneira vazando.

Agora que você já sabe como identificar o tipo de vazamento que está acontecendo na torneira da sua casa, chegou a hora de aprender como realizar as trocas de peças e solucionar esse problema:

1º passo: feche o registro de água

Antes de iniciar a manutenção de uma torneira vazando é necessário fechar o registro de água, que geralmente fica na parte superior do ambiente. Sem esse procedimento, ao retirar a torneira você presenciará a água saindo de maneira contínua e molhará todo o local em arrumação.

Caso você não encontre o registro daquele cômodo em específico, uma sugestão é fechar o registro geral que fica na área externa do lar e o registro da caixa d’água (no caso em que as torneiras são abastecidas pela caixa d’água) e avisar os demais moradores para não tomarem banho ou utilizarem o vaso sanitário temporariamente — afinal, a casa inteira ficará desabastecida por um tempo.

2º passo: selecione e separe as ferramentas

Fazer tudo de maneira organizada ajuda — e muito — no reparo da torneira vazando, pois um problema pequeno deve ser solucionado de maneira rápida e sem estresse, e para isso as ferramentas são essenciais.

Separe, de antemão, uma chave de fenda ou alicate e tenha cuidado com a força utilizada para não danificar a torneira ou deixar marcas em sua superfície. Você também não pode esquecer de comprar o vedante ou o reparo novo, pois são as peças mais importantes para se ter uma torneira sem pingos.

3º passo: solte a torneira da pia

Em determinadas situações, será necessário retirar a torneira da pia. Para isso, solte a peça de plástico que segura a mangueira na torneira, tomando cuidado para que a água que fica acumulada nesses locais não molhe e suje o cômodo. 

4º passo: desmonte a torneira

Aqui teremos duas maneiras diferentes, que varia de acordo com o modelo.

As torneiras vazando que podem ser corrigidas com reparo e vedante são as chamadas torneiras comuns, já as torneiras com bucha plástica e vedante de cerâmica são conhecidas como torneiras 1/4

Veja abaixo como fazer o procedimento em cada uma:

Torneira comum

  1. Retire o pino protetor com as mãos de forma cautelosa, pois essa peça é bastante frágil. Além disso, neste momento você também já deve tirar o parafuso com a chave de fenda;
  2. Ainda de forma manual, tire o acabamento e a parte protetora. Em seguida, com auxílio do alicate e manuseando-o no sentido anti-horário, desenrosque o reparo que fica na área branca;
  3. Pegue o novo vedante e coloque no lugar do antigo;
  4. Verifique se o problema foi solucionado ou se a torneira ainda continua com os pingos;
  5. Caso o problema não seja no vedante, pode ser no cano e necessitará de uma manutenção mais especializada para a troca completa de toda a estrutura, o que inclui quebrar as paredes e fazer uma pequena obra.

Torneira 1/4

  1. Repita o procedimento acima, retirando o pino protetor e o acabamento de forma manual, enquanto elimina o parafuso com a chave de fenda;
  2. Também remova o reparo em sentido anti-horário. Até essa etapa todas as torneiras têm estruturas similares;
  3. A partir daqui, a torneira 1/4 funciona de forma diferente, e você deve então verificar se o reparo — antes de ser retirado — possui uma bucha plástica que o segura. Com a resposta positiva, retire primeiro essa peça e depois puxe o reparo por completo;
  4. Troque-o colocando uma versão de metal ou cerâmica;
  5. Muitas vezes o problema é somente de sujeira acumulada nesses itens, e uma ótima lavagem solucionará o problema;
  6. Se mesmo assim a torneira continuar vazando, é necessário levar o vedante para uma loja de material de construção e comprar uma peça idêntica, ok? 

Cuidados e dicas para evitar vazamentos na torneira

Existem alguns cuidados que devem ser tomados para evitar os vazamentos nas torneiras.

Algumas medidas podem ser tomadas para evitar os famosos pingos causados por torneiras com vazamentos, como a escolha por itens de qualidade na hora das reformas, o fechamento correto das pias e a manutenção constante da residência. 

Para explicar melhor cada um desses pontos, separamos os principais cuidados que lhe farão poupar no bolso e evitar torneiras vazando na base ou torneiras vazando na parede. Confira:

Invista em materiais de qualidade

Mesmo que o custo seja mais elevado, investir em itens com garantia evitará a troca constante de vedantes e de reparos, além de poupar despesas imprevistas. Afinal, o barato pode sair caro, já que a economia feita em uma peça de má qualidade pode ser sinônimo de troca constante.

Verifique os canos e os tubos de água

Tenha atenção quanto ao encanamento, já que uma torneira vazando na parede ou uma torneira vazando na base podem ser problemas que não pertencem a sua estrutura e, sim, a um encanamento solto ou danificado. 

Nesse caso, o ideal é contar com a ajuda e serviços profissionais, já que a pia precisará ser retirada por completo e, em alguns casos, até mesmo a parede necessitará ser quebrada.

Feche as torneiras da maneira correta

Fechar as torneiras da maneira correta ajuda na durabilidade do material e evita vazamentos.

Fique de olho quanto a força utilizada para fechar as torneiras, principalmente se tiver crianças em casa e que, por curiosidade, acabam mexendo nos objetos para saber como funcionam. 

E caso já tenha uma torneira vazando no seu lar, o truque provisório é não colocar pressão para estancar a água, pois isso piora ainda mais a situação.

Faça manutenção frequente nas peças

Além das dicas acima, você ainda deve manter a manutenção frequente das peças antes que as consequências de um vedante frouxo, por exemplo, apareçam.

A limpeza do reparo também é uma excelente medida para evitar danos e a necessidade de substituí-lo antes do esperado.

Torneira vazando na parede ou torneira vazando na base? Contrate um profissional

Mesmo que resolver esse problema pareça simples, a presença de profissionais especializados faz toda a diferença. Afinal, maneiras paliativas e caseiras — como colocar um veda rosca para fechar o local de escape, por exemplo — podem danificar ainda mais a peça e estragar a estrutura por completo, sendo necessário trocar até mesmo a pia posteriormente.

Além disso, como você viu anteriormente, em alguns casos é necessário um reparo na estrutura da parede e não somente na torneira, exigindo um trabalho de um especialista para evitar acidentes e problemas ainda maiores.

E como dica boa é dica compartilhada, é sempre bom lembrar: para resolver torneira vazando na parede ou na base, a TempoTem disponibiliza os melhores profissionais por preços amigos. 

E caso queira ser um prestador de serviços da TempoTem e consertar vazamentos como os deste artigo, é só baixar o nosso APP na Google Play e fazer parte do nosso time

Autor

Lourival Antonio da Silva Junior

23 anos de experiência na área de varejo com foco em bens e serviços dentro de empresas de grande porte como Submarino.com, Saraiva.com.br, Walmart.com e Wine.com.br. Mentor do E-Commerce Brasil, Palestrante, Apresentador, Terapeuta de PNL e curioso.

Deixe seu comentário